.



REFÚGIO PARA JOVENS À DERIVA

João Almiro aplica riqueza pessoal a acolher em casa toda a sorte de marginalizados
Por: TERESA CARDOSO in "JN"

Três dezenas de jovens marcados por violência doméstica, abusos sexuais, drogas, álcool e doenças refugiam-se na casa "Os Andorinhas", em Campo de Besteiros. À frente do porto de abrigo está um homem de 82 anos: João Almiro.

O dia 29 de Março foi vivido com particular emoção na associação "Os Andorinhas". Morreu a Bibi. Lina Maria Simões Gomes, com 38 anos de idade, que aos seis meses de vida foi entregue pelos pais, com problemas de alcoolismo, aos cuidados do farmacêutico João Almiro. Portadora de Trissomia 21 e com o esófago queimado pela aguardente que lhe davam para se calar, a menina acabaria por ditar o rumo do seu protector.

Um homem, nascido em berço de ouro, que aos 82 anos continua a trocar a comodidade que o dinheiro lhe proporcionaria, pela ajuda a marginalizados da sociedade.Proporcional ao seu altruísmo, a fama de João Almiro atraiu para Campo de Besteiros jovens de todo o país. Muitos enviados por hospitais e cadeias. Em comum: famílias desestruturadas, pobreza, violência, abusos, violações, drogas, álcool e até doenças contagiosas.


"Este homem não existe". Quem assim fala é Fernando Abreu, 44 anos, antigo colaborador da Câmara de Tondela, que devido a complicações neurológicas, associadas a uma insuficiência renal, se afastou da família e dos amigos. Reencontrou-se junto de João Almiro.


"É mais que um pai. A seu lado, recuperei de uma depressão e preparei-me psicologicamente para o transplante", testemunha. Anteontem, à uma hora, o telemóvel de João Almiro tocou.


Do outro lado, um SOS: Bruno, 24 anos, consumidor de drogas duras - chegou a ser expulso da Alemanha por isso -, pedia ajuda."Chegou de Lisboa a Tondela e não tinha para onde ir. Fui buscá-lo. Dei-lhe comprimidos para as dores e por aí fica enquanto quiser. Esta casa não tem grades.

A ideia é a ajudar estes jovens a voarem sozinhos. Mas se tiverem recaídas, podem sempre voltar ao ninho", sintetiza João Almiro.Sem um cêntimo do Estado, dinheiro que não reclama nem deseja, o farmacêutico assegura, na casa onde criou os filhos, a sobrevivência de quem lhe bate à porta.

Agora são 30. Gasta entre seis a sete mil e quinhentos euros por mês. Vale-lhe a solidariedade de muitos amigos. E a quinta, trabalhada pelos jovens, de onde vêm os alimentos e onde cria vacas, porcos, ovelhas e galinhas para ajudar nas despesas."

Além dos utentes, que fazem o que podem, somos duas funcionárias. Eu trato da cozinha. O doutor e os rapazes não se queixam da comida", brinca Maria Teresa Henriques.João Almiro é o faz-tudo-da-casa: leva os rapazes e raparigas que precisam aos tratamentos de desintoxicação de álcool e drogas, às vacinas, ao ortopedista, a consultas de Planeamento Familiar.

Consegue próteses. Chegou a salvar um doente, com cirrrose, que tinha os dias contados."É tudo do bolso dele. Aos 82 anos, carrega o carro e vai com a rapaziada para Coimbra, Viseu e por aí fora. Aqui no café, paga os consumos. Menos o álcool. Dorme sozinho com todos em casa.

E se algum sai para a rua, é vê-lo de robe, na madrugada, à sua procura", testemunha Carla Teresa, do café Guiné, que fica defronte de "os Andorinhas". Ela e o marido, António Soares, temem pelo que possa acontecer aos jovens quando o benemérito faltar.


33 comentários:

Pata Negra disse...

Ora aí está uma páscoa - na verdadeira acepção - sem coelhos, nem amêndoas, nem cerimónias de igreja! A minha madrinha costumava oferecer-me um pão grande...
Um grande abraço duma cruz horizontal

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carreira

Enquanto houver pessoas como João Almiro há sempre uma esperança para a humanidade.
Pessoas como estas, que redimem do egoísmo e da brutalidade as sociedades modernas, fazem-nos falta para que possamos acreditar.
Vergo-me a esta grandeza de alma porque nem mesmo nos momentos em que me sinto mais propensa à entrega para ajudar aqueles que precisam encontro coragem para dar tanto.
Por todos os Almiros do mundo e por ti, pelo trabalho que desenvolves com tanto empenho e solidariedade, os meus desejos de todos os sucessos e, sobretudo, do amor e da gratidão que devem estar presentes a quem tanto dá.
Porque há a ingratidão que doi com uma seta embora se acredite que o fica é a consciência da entrega e de se fazer o que melhor se pode e sabe.
Obrigada por publicares neste espaço, que também é teu, um exemplo tão nobre e edificante.
Como diz o meu querido amigo Pata Negra: uma páscoa na verdadeira acepção.

Abraço

Odele Souza disse...

Neste mundo em que se vê tanta violência e tanto desamor, pessoas como o João Almiro são um alento que nos faz acreditar que SIM há pessoas muito boas que vivem para tornar melhor a vida dos outros.
E um senhor admirável o João Almiro. Com 82 anos e tendo posses, poderia, se quisesse, estar jogando boliche, ou curtindo a vida como bem entendesse. Mas em vez disso, está fazendo enorme diferença na vida dessas pessoas que abriga.Que bonito ser humano.

Fatyly disse...

Tantos e tantas esperam que Jesus Cristo surja de novo vindo do Além, missas cheias de fausto, igrejas apinhadas e cestos recheados com "entregas" por parte dos paroquianos...
e eu sempre disse e digo que há tantos JC na terra e para mim João Almiro (independentemente da religião que professe ou não) é o verdadeiro espírito de Jesus Cristo e faz um trabalho meritório, tão pouco reconhecido, para o qual deveriam ser canalizadas a maioria das "dádivas dos paroquianos nas ou das diversas religiões".

Homens e mulheres como o da história fazem que todos os dias seja Natal, Páscoa, dia da mãe, pai, avô etc, etc.,

Obrigado por teres partilhado esta história real que desconhecia e que tenhas um bom domingo.

Beijos

Zé do Cão disse...

Sr. Almiro, que toquem todas as trombetas, os sinos e carrilhões de todo o País, hoje é dia Páscoa e o Dr.
é merecedor que ele toquem todos os dias em sua homenagem

Boa Pascoa

alex disse...

Lídia
isto é que é uma verdadeira Páscoa. São estas pessoas que ainda me fazem acreditar no ser humano.
Três vivas ao Drº Belmiro

bjx

Sofá Amarelo disse...

Um beijinho de Boa Páscoa!

Preocupante o teu texto, espero que tudo se resolva e corra pelo melhor. Beijinhos!!!

Anita* disse...

bOa pascOa *

Jorge P.G disse...

Bom Domingo de Festa!

Abusar da alegria, não da alimentação!

Um abraço.

São disse...

Uma maravilhosa amêndoa Pascal , esta que aqui nos ofereces.
Minha querida , uma doce Páscoa para ti e para os teus.
O meu abraço de chocolate.

Teresa Durães disse...

É bom saber que ainda existem tais pessoas

sideny disse...

Não conhecia que existia este senhor.

Ainda bem que existe, e que dure bastante tempo ,para ajudar quem
necesita.

beij

heretico disse...

pelas obras se conhecem os homens...

excelente escolha pascal.

beijos

Hermínia Nadais disse...

Esta é a verdadeira humanidade que o CRIADOR deu a toda a criatura, mas que a grande maioria das criaturas não conseguiram encontrar nos caminhos da vida.
Saúde, vida e paz para esse mensageiro do bem e para todos quantos com ele colaboram para o bem-estar dos infelizes deste mundo!
Gracias! A verdadeira Páscoa vive aqui!

António de Almeida disse...

Cada um é livre de fazer o que bem entende, e João Almiro é um homem livre. Coloca a vida dos outros à frente da sua, não sendo caso único será certamente uma raridade. Será o seu legado, que muitos recordarão para lá da sua existência.

Meg disse...

Como é bom, nos dias que correm, e nesta quadra da Páscoa, saber destes seres humanos de excepção, altruístas num sociedade marcada por um egoísmo feroz que a todos consome!
Para casos como este aqui apresentado, são escusadas as palavras... nenhuma será suficiente para enaltecer a obra de uma alma grandiosa.

Bem haja, Dr.Almiro!

Um abraço

Maria Faia disse...

Querida Amiga,

São exemplos como o de João Almerindo que nos incentivam a sigar viagem. Este sim, é um verdadeiro Humanista, um verdadeiro Homem de Fé que, ao invés de amealhar riquezas as distribui por aqueles que mais precisam.
Obrigaso por me dares a conhecer este SENHOR!
Passa pelo Querubim e traz para tua casa o Ikebana de que mais gostares (ou todos se quiseres...).

Beijo,
Maria Faia

Angela Guedes disse...

Oi Lídia!!!
Voltei para deixar um carinho.
“Mais que uma mão estendida
Mais que um belo sorriso
Mais do que a alegria de dividir
Mais do que sonhar os mesmos sonhos
Ou doer às mesmas dores
Muito mais do que o silêncio que fala
Ou da voz que cala, para ouvir
É a amizade, o alimento
Que nos sacia a alma
E nos é ofertado por alguém
Que crê em nós”.
Desejo para você uma semana
Florida, cheia de amor e alegria.
Ângela.

Compadre Alentejano disse...

Simplesmente, FANTÁSTICO! Fiquei maravilhado com este post. Afinal, ainda há boas pessoas em Portugal!...
Abraço
Compadre Alentejano

Maria João disse...

Existem pessoas verdadeiramente especiais...!
São raras pérolas, cuja missão e propósito ultrapassa a de qualquer outro comum mortal.
Muitos de nós gostariamos de conseguir ser assim, completamente felizes na entrega ao outro, na dádiva completa de si.
Mas nunca o seremos, mesmo quando procuramos dar o melhor de nós..
Resta-nos "mirarmo-nos no exemplo", curvarmo-nos perante tanta grandeza de alma e seguir o nosso caminho,com a esperança renovada na humanidade e procurando ser todos os dias um pouco melhores.

Um abraço

ManDrag disse...

Salve! Lídia

Lindo e comovente, exemplo da grandeza do Amor Humano. Pena que seja apenas um exemplo e não a norma. Mas é de exemplos destes que se alimenta a Fé no futuro da Humanidade.

Abraço.

Salutas!

Maria Emília disse...

Grande exemplo de esperança este Sr. João Almiro. Nem todos teremos possibilidades económicas de fazer o que ele faz mas, dentro das posses de cada um, que esta história verdadeira nos ensine a sempre estender a mão.
Um grande abraço,
Maria Emilia

Sei que existes disse...

Há pessoas extraordinárias! Sem dúvida que deixará optimas marcas!
Beijo grande

Pandora disse...

Olá,
Encontrei-te por aqui neste mundo de blogues, e estou a fazer um convite a toda a comunidade de Viseu, por isso se quiseres passa no meu canto.
Beijos.

Pandora disse...

Há pessoas assim, que não existem.
Tudo de bom para ele, esse senhor que nada quer para si.
Beijos.

peciscas disse...

É comovente saber que há homens com esta grandeza de alma.
Felizmente que há, ainda, alguns Joões, que ajudam a disfarçar as misérias deste mundo.
Saibamos nós ser minimamente dignos destes seres exemplares.

Peter disse...

É impressionante e merecia e devia ser publicado nos nossos blogues.

Quando me lembro desses "comendadores" que para aí existem e de todos aqueles que vão receber "pindericalhos" no 10 de Junho, a maior parte dos quais pouco ou nada fizeram pelo seu semelhante, fico profundamente revoltado, por um Homem como João Almiro ser ignorado.

R. Rudoisxis disse...

A grandiosidade da alma humana concentrada num homem que continua a ser o timoneiro de um bem de valor incalculável para a sociedade.
Aqui poderemos desejar-lhe com intensidade muitos anos de vida e esperar que alguém reconheça o seu valor e dê continuidade a esta obra, sendo elemento fundamental nessa missão o amor ao próximo.

Fernanda disse...

Bom gente eu me chamo Fernanda e tenho 19 vi este site em uma pesquisa no google. E eu preciso muito da ajuda de voces pois minha mae ja pediu pra mim sair de casa varias vezes so que nao tenho para onde ir nao sou uma garota problematica quanto a drogas e outras coisas sou mto caseira e depressiva e eu queria que voces me ajudassem a arranjar um emprego que ofereça moradia estou disposta a mudar de cidade. Agradeço a atençao de todos e fiquem todos com Deus.

Fernanda disse...

Ola me chamo Fernanda e tenho 19 anos vi este site em uma pesquisa no google. Bom pessoal eu ja fui expulsa de casa por minha mae varias vezes so que eu nao tenho para onde ir eu queria pedir por favor a ajuda de quem possa realmente me ajudar eu nao sou um pessoa prblematica quanto a drogas e outras coisas ruins eu so brigo mto com minha mae por coisas muito pequenas e eu nao aguento mais. Eu queria muito arranjar um emprego que a pessoa pudesse me oferecer moradia vou deixar o meu endereço de msn fernandasandris@windowslive.com

gaohui disse...

If ordering from an online ed hardy Clothing store, she should either have tried ed hardy sale the garment on in a store somewhere ed hardy or she had better be buying ed hardy UK from a vendor with a great return ed hardy cheap policy. Buying from an ed hardy Clothes online vendor has its risks and ed hardy store they should be understood. The edhardy.com upside is that online stores christian audigier sale tend to have a large selection ed hardy dresses of clothing to choose from. The ed hardy Polos bad news is they can be more ed hardy sandals expensive, or the cost of shipping and handling ed hardy Jackets can offset any cost savings she might have enjoyed

ricardo Grilo disse...

Boa tarde alguem me dar o contacto do centro de acolhimento do dr joao almiro? Cumprimentos

gaga disse...

Isabel Carlos
Parabéns!
SR. João Almiro um HOMEM com H Grande.
A sua definição de AMOR é fantástica, um que só um SER fantástico assim o pode classificar, digno de admiração!!!!!