.



ASSASSÍNIO NO FEMININO





Cinco mulheres assassinadas em quatro dias!!!

E parece que esta aberração não preocupa ninguém com responsabilidades em Portugal!!

As únicas palavras que tenho ouvido acerca do assunto são de desculpabilização dos assassinos!!

Veja-se: um estava embriagado, outro estava deprimido, o terceiro sentiu-se prejudicado...enfim, um discurso altamente permissivo, como se fosse natural esta fúria destruidora contra as mulheres!!

Não se pense que é um fenómeno ocorrendo nas classes mais desfavorecidas, não. Está a ser transversal a toda a sociedade!!

Gostaria de saber  a vossa opinião.

32 comentários:

JUAN FUENTES disse...

Estamos inverso en uns sociedad falta de valores y el egoismo personal impera sobre todo lo demás.
Gracias por tu entrada en mi blog y por tus comentários a mi foto.
Espero verte entrar en mi blog en otra ocación

Saludos

。♥ Smareis ♥。 disse...

Quanta crueldade, aqui no Brasil a violência a mulheres está duplicando a cada dia. Os órgão responsável não parece se preocupar com a onda de violência.Desejo um belo domingo, com encantada semana. Beijo grande!
Smareis

manuel marques disse...

"O ódio e a falta de amor são as matérias mais combustíveis."Estes assassinos devem ser julgados e condenados sem atenuantes.

Abraço.

Zé do Cão disse...

No mundo onde vivemos, cada vez se nota mais a crueldade dos humanos.Nos países árabes enquanto as mulheres vão na caixa aberta das viaturas, os cães ocupam o lugar ao lado do conductor. Este dorme agarrado à bicicleta, enquanto a mulher dorme na rua.

Minha amiga SÃO
Conto a minha revolta
Casal sem filhos, com matrimonio de
60 anos, vivendo em Queluz, ela domestica e costureira ele aposentado da Epac. Ela tinha o nome de uma flor. Efectivamente era uma flor, terna meiga adorável para toda a gente, via no seu marido o Seu Deus, o seu símbolo e quando ele falava, ela bebia as suas palavras. Foi assim toda a vida. Tinham um carrito e uma vez por ano iam de férias ao Algarve para casa de um irmão. Para não gastam dinheiro em comida, enganavam o estômago pelo caminho
com umas bolachitas "Maria" e uma garrafita de água. Se alguma vez foram a um Restaurante, o pagamento corria de conta de quem os convidavam. A casa dá muito trabalho e o dinheiro da costura deu durante muitos anos para aguentar aquele barco. Ele engrossou a conta bancária. Dividas não tinham, mas ele com dor de dentes, procurava um especialista particular, ela coitada não podia procurava ninguém, o seu dinheiro era gasto na casa e o dele fazia-lhe falta. Foi operada duas vezes ao estômago, sofreu de tuberculose, e por ultimo a "relógio" também deixou de bater regularmente. A Médica de Família, a pedido de uma amiga passou a visita-la em casa. Já não tinha forças para subir e descer as escadas. Os medicamentos que diariamente tinha de tomar, era controlados por ele, que não lhos dava, não aceitando a prescrição médica. Estupidez...ignorância, as duas coisas.
Foi assim toda a vida.
Ela, santa, martire daquele egoísta, faleceu na passada sexta-feira, , dado o coração não aguentar mais.
Pela noite velei o seu corpo, minha mulher e meus dois filhos também. Estiveram neste acto mais 6 familiares.
Tomei conhecimento que por motivos económicos que se prenderiam com campa, flores e o tempo de haver deslocação ao cemitério, o marido resolveu mandar cremar o corpo, e nem das zincas quis saber. Foram para o deposito geral. Aconteceu no sábado pela manhã.
Todos os seus irmãos ainda vivos e são 4, bem como os seus descentes não estiveram presentes e mandaram notícias.
Casou e morreu dando amor diariamente a seu marido, foi, sem um queixume vitima de violência, não física mas moral.
Paz à sua alma

Homens de coração empedernido .

Evanir disse...

A paz verdadeira começa sempre no coração.
Todos que levar a vida na divina paz.
Semeia essa semente pela vida
estara ajudando alguém
colher amor e luz na vida de muitos.
Não é a força mas a perseverança.
Que a paz faz as pessoas superiores.
Uma feliz semana beijos.
Evanir

São disse...

E que me diz acerca do assassínio gratuito de pessoas se seu sexo, EVANiR? Ou nada tem a dizer sobre esta barbaridade?!

Boa semana

São disse...

Bievenido , JUAN!

Concordo de todo: o egoísmo pessoal e a intolerância imperam num mundo falho de valores e de ética.

Boa semana para ti

São disse...

SMAREIS, mas o Brasil tem uma lei com nome de uma mulher assassinada, sinal de que alguma coisa tocou nos governantes.

Aqui, o Supremo Tribunal escreveu um acórdão afirmando que "pois foram violadas poque estavam no feudo do macho lusitano"!!

Um abraço

São disse...

Não poderia eu dizer de outro modo e nem outra posição esperava de si.

Não me foi possível abrir a caixa dos seus comentários, por isso lhe deixo aqui parabéns para si e para o autor do livro, a quem desejo êxito.

Feliz semana.

São disse...

Li e reli o teu comovente testemunho e partilho por inteiro a tua emoção e indignação.

A violência não é só física, não, reveste muitos aspectos.

Nem sabes como tenho pena das mulheres que não conseguem libertar-se dessas situações degradantes.

Um abraço apertado, meu querido Zé.

Zé Povinho disse...

Do amor ao ódio vai um passo, para além das outras causas como a droga, o álcool e a loucura. Explicações para o facto de alguém tirar a vida a outrem, isso não existe. É crime, e esse deve ser castigado.
Abraço do Zé

São disse...

Também considero crime e que deverá ser punível, mas a sociedade machista em que ainda nos encontramos parece não pensar igual

Obrigada pelo apoio.

elvira carvalho disse...

13 nos primeiros seis meses.
Nem sei que dizer. fico tão revoltada.
Um abraço

São disse...

Além de revoltada, fico furiosa com o silêncio à volta deste massacre!!

Boa semana.

C Valente disse...

Há casos que a mente saudável não compreende, a crueldade, a maldade, e também a falta de cultura Temos de actuar e acabar com estas loucuras
saudações amigas

João Esteves disse...

É de indignar, São.
Estou disposto a ensinar esses companheiros rudes a fazer com suas respectivas mulheres coisa incomparavelmente melhor do que tratá-las com tal brutalidade, aí em seu país, cá no meu também, infelizmente por toda a parte. Incrivel como não lhes ocorra tão óbvia alternativa não só em proveito da integridade física e segurança delas, como do próprio prazer deles. Querem por acaso que eu demonstre?

Sonhadora disse...

Minha querida

Infelizmente uma dura e triste realidade que não vais ter fim, pois a impunidade é chocante
Para esses homens as mulheres são objectos, coisas deles e por isso se acham no direito de dispor da vida e não falando também dos que sem matarem vão matando aos poucos.

Deixo um beijinho e a minha revolta
Rosa

São disse...

Talvez não fosse má ideia, mas para estas criaturas acéfalas e cruéis não sei sequer se efectivamente daria resultado.

O meu grato abraço pela solidariedade, JOÃO.

São disse...

Concordo, caro VALENTE: existem coisas que transcendem a nossa compreensão!
Um grato abraço pelo apoio.

São disse...

Sim, não podemos esquecer a violência insidiosa que mata aos poucos.

Infelizmente, também não tenho grande esperança numa melhoria de situação, pois as mentalidades custam imenso a transformar-se.

Um abraço, Rosa

Amapola disse...

Bom dia.
Aqui no Brasil isso também nos amedronta demais. É tanto, que a maioria não aparece no noticiário da emissora principal, que é a rede Globo.

Estou lhe seguindo.
Um grande abraço.

São disse...

E depois, ainda nos vêm com a discriminação sexual árabe. Como se aqui, no Ocidentem fôssemos exemplares!!

Tudo de bom.

Baby disse...

Infelizmente, mesmo no século XXI, as mulheres continuam a ser, para alguns homens, seres inferiores que vieram ao mundo apenas para os servir e não têm sequer o direito de abrir a boca para dizer de sua justiça.
Será que isso algum dia vai terminar?

São disse...

Quero crer que sim, pois tanto caminho já se percorreu : havemos de palmilhar o resto!

Tudo de bom.

Pena disse...

Lindíssima e Valiosa Amiga de Ouro:
Todo o término de uma vida é dor e sofrimento para todas as pessoas.
Assassinadas, é incompreensível, cruel e violento. Quem pratica este crime deve responder pelos seus actos condenáveis e o sangue-frio tresloucado e doentio de condenar e a justiça intervir de imediato. É obrigação fazer-se justiça.
Se não consigo ver uma mulher chorar, parte-se-me o coração que dizer de vê-la assassinada?
Sem palavras.
É inigualável de valor ao denunciar estes actos brutais que apelam a uma intervenção de quem de direito e de forma urgente.
Um preciosimo assunto de fazer pensar no Portugal de hoje.
Beijinhos amigos de pureza pela sua bonomia num carácter justo e exemplar que possui.
Com respeito e admiração sempre e constante.

pena

É admirável.
Honra-me, a sua fantástica e preciosa amizade.
Uma partilha de assinalar que urge resolução imediata, linda amiga.
Tem razão no que diz.

C Valente disse...

O mundo está louco
Saudações amigas

Evanir disse...

Eu agradeço sua visita
A vida sempre une as pessoas no momento certo.
Que eu seja digna da sua amizade.
Nos momentos de aflição dividirmos nossas dores e pensamento
Que seu sonho e os meu sonhos seja abençoado por Deus.
Com nossa amizade e união possamos alcançar as estrelas.
De mãos dadas não terei medo da estrada a ser percorrida.
A minha fé iluminara nossos caminhos ,
E assim juntos seguirmos até onde existir vida.
Uma noite abençoada .
Deus abençoe seu carinho.
Bjs no coração.
Evanir

São disse...

O meu agradecido abraço, linda.

Vieira Calado disse...

Bem hajam, essas mulheres!

Bom fim de semana!

Bjsss

redonda disse...

Parece-me que temos é de investir mais na prevenção para evitar estes crimes, o que é difícil, sobretudo atenta a actual situação do pais.
Algumas mulheres não fogem, porque dependem economicamente dos companheiros. Para estas, seria necessário arranjar mais instituições que as acolhessem. Para todas, seria necessário formação para que se valorizassem, e uma protecção e reacção rápidas a qualquer acto de agressão. E acompanhamento e formação também para os agressores, de forma a conseguir uma mudança de mentalidades. Também a nivel da sociedade, é preciso haver a mudança de mentalidades para que se afaste a velha ideia "entre marido e mulher não se mete a colher" (assisti por exemplo a mais de um caso em julgamento por ofensas à integridade física, em que outras mulheres em vez de ficarem solidárias com a vítima, tomavam era o partido do agressor).
Quase me esquecia, as vítimas também podem ser homens, de outros homens ou de mulheres (e aqui, além de tudo, haverá ainda a vergonhar em denunciar a situação), e neste caso, também se aplicará tudo o que antes escrevi.

José Gonçalves Cravinho disse...

Para todos os assassinos dos quais não há dúvida alguma de que mataram
excepto nos casos de legítima
defesa ou acidente involuntário,
eu,no meu fraco entender,acho que devia haver pena de morte pela fôrca que é o mais rápido e mais barato.

Metalurgia das letras disse...

São! Muto obrigado pela sua visita em confissão. "O mundo é um palco selvagem onde as mulheres ainda sofrem as conseguência da brutalidade por serem a parte mais frágil" "A nossa evolução não parece tecer um lugar ideal para as famílias, nem querer que as mulheres se libertem das opressões masculina. "É uma quetão de testosterona doentia", homem que bate em mulher é covarde e doente.