.



DIA CONTRA A VIOLÊNCIA DE GÉNERO

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres foi oficialmente reconhecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1999.

Trinta e nove anos antes,ou seja, em 25/11/1960  as três irmãs Mirabal tinham sido assassinadas às ordens do ditador sul-americano Rafael Trujillo, por desenvolverem actividades políticas.

Entretanto, em Portugal , só em 2012 dezenas de mulheres foram mortas por homens em quem depositaram esperança e amor.

Estamos em 25/11/2012 mas,como  se pode constatar,  temos ainda um longo e doloroso caminho pela frente. Infelizmente!

17 comentários:

José Corvo disse...

Não é só contra as mulheres é também contra os homens os idosos e as crianças.
Hoje, 25/11/2012, li no jornal que uma mulher, em Lisboa, espetou uma faca num homem.

São disse...

Não são só as mulheres as exclusivas vítimas de violência, sabe-se isso.

Quantos homens foram assassinados pelas ex comparativamente às mulheres mortas pelos antigos companheiros só em 2012? Para não focar a violência doméstica.

Mas primeiro gostaria de saber o motivo da facada :seria em defesa legítima? Aqui há anos uma senhora matou o marido à facada após anos e anos de maus tratos, que incluíam as filhas.O que levou o juiz a absolvê-la.

Obviamente , somos ( eu pelo memos sou ) contra qualquer tipo de violência. E, por esse motivo, não aprecio touradas: magoam os touros e os cavalos!

Mas hoje é o Dia contra a violência sobre as mulheres e por isso só tem que ser assinalado!

Bom resto de domingo.

Rita Freitas disse...

Toda a forma de violência só revela um baixo nível de consciência.
Que bom seria se conseguíssemos mudar as consciências.
Bjinhos

São disse...

Seria o mais importante, realmente...e assim se acabariam com estes Dias que só servem para apaziguar as ditas consciências(quando existem)

Boa semana

Lídia Borges disse...


É um drama galopante na nossa sociedade que urge estancar.

Nunca será demais denunciar a passividade de quem de direito.

Lídia

São disse...

Como não estar de acordo consigo, Lídia?!

Bons sonhos.

MINHA VIDA DE CAMPO disse...

A mulher ainda continua sendo maltratada pelo homem, mas por ela ser essas fortaleza, que aguenta todas as tempestades e se ergue cada vez mais forte.
Tenha um iluminado e feliz dezembro.

São disse...

Minha querida, por sermos tão fortes é que nos temem!

Um abraço com carinho e gratidão.

Boris Estebitan disse...

Hola pasando por tu genial blog, es un gusto dejar mi huella, aquí, saludos, te invito cordialmente a visitar “El Blog de Boris Estebitan”, para que leas un poema mío titulado “El baile de Snoopy”, es un poema cómico.

Luis Eustáquio Soares disse...

cada vez mais a luta contra o machismo é também a luta contra
as forças patriarcais intrínsecas so capitalismo. logo é luta para a construção de uma sociedade pós-capitalista, polifônica, na sua orquestração de alteridades, de e para estas.
abração,
l

Maria Luisa Adães disse...

obrigada pela notícia.

Só espero que seja cumprida!

Há tanta coisa por cumprir...

O maltrato dos animais

a violência doméstica e as violações

Os velhinhos desprezados e doloridos

E as crianças maltratadas, sodomizadas...

Num poema de nome "Beijos" eu retrato nas entrelinhas a pedofilia
e as violações.

Mas não é fácil de entender onde pretendo chegar.

Moderada eu sou e por essa razão as principais razões dos poemas, ficam bastante na sombra das realidades.

Mas esta noticia é bem clara e justa! Bem haja!

Maria luísa

Cadinho RoCo disse...

As relações humanas são mesmo complicadas.
Cadinho RoCo

nelma ladeira disse...

A mulher ainda continua sendo maltratada pelo homem,fora os velhinhos,as crianças e aí vai.
Adorei o seu texto.
Gostei muito em conhecer seu blog beijinhos.

Palavras disse...

E ainda nos dizemos evoluidos...
falta muito!

Realidade cruel!

grande abraço São

Leila

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
É incompreensível no momento que vivemos. como pode existe tanta violência domestica e como o homem ainda se acha dono e insensível ao ponto de agredir e até matar, as nossas leis não estão em condições de evitar este mal, se houvesse uma punição como deve de ser, certamente que reduzia bastante a violência domestica.

Marineide Dan Ribeiro disse...

Sim, em muitos lugares vivem-se primitivamente ainda...Uma pena.

Um abraço!
Marineide

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/