.



APDC-ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE CRIANÇAS DESAPARECIDAS


Criada pela família de Rui Pedro a APDC-Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas procura ser um grito num silêncio de 9 anos sobre a dor e a incerteza. E procura ajudar todos aqueles que, em idênticas circunstâncias, precisam ser apoiados e protegidos. Para que não se faça silêncio (o tal silêncio culpado) e a nossa indignação possa ser legítima. (http://www.RuiPedro.Net/)

NOTA: SOBRE CRIANÇAS DESAPARECIDAS http://desaparecidos.blogs.sapo.pt
http://www.myspace.com/portugueselostchildren

5 comentários:

Boris disse...

É importante que Associações, como esta, apareçam e vinguem.Há crianças desaparecidas, em Portugal,que ninguém ouve falar delas. Porque a dor do pobre, o valor da pessoa pobre, nada tem a ver com o do rico para a nossa justiça e para as nossas instituições no geral. Os media também não se interessam por quem não faz parte do mundo de gente bonita e colunável.

sol poente disse...

O comentário anterior sugeriu-me uma frase de George Orwell de que "todos os animais são iguais mas há uns mais iguais que outros".Não censuro quem tem muitos meios e os utiliza para procurar um filho desaparecido. O que me aflige é a dor crua de quem não tem apoios. Por isso penso que esta Associação, se for bem conduzida, pode ser determinante na forma como se olha e apoiam estas situações. Dei também uma vista de olhos no site, aqui assinalado, sobre crianças desaparecidas e achei-o muito útil e bem concebido.

FM disse...

Tomo a liberdade de acrescentar o meu blog em ingles sobre criancas portuguesas desaparecidas
http://www.myspace.com/portugueselostchildren

ALEX disse...

É preciso recordar para não ser esquecido. E é preciso que todos nos unamos em volta desta causa.

Anónimo disse...

Aprendi muito