.



MAUS TRATOS A CRIANÇAS E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Em Maia os gabinetes de atendimento integrado (GAIL), que estão em funcionamento há apenas 2 meses, já abriram 387 processos correspondentes a casos apresentados por 568 munícipes.

Não posso deixar de pôr em destaque este comentário que se encontra nesta postagem.

Aqui seria eu a contribuir para um silêncio culpado... se não dissesse que... fazer queixa de uma agressão a um menor... grave... feita pelo progenitor... na via pública... a ponto de ter que ser assistido hospitalarmente... e depois de todos os trâmites legais... a mãe (sim... mãe, e não apenas progenitora!) foi enxovalhada pelo despacho que arquivou a queixa... (enquanto mãe, enquanto mulher, enquanto profissional) e onde se elogiava o progenitor ... porque 'bater é de homem' e educa! Aconteceu em 2007.Em Portugal.Enão vou esquecer nunca...

3 comentários:

M.M.MENDONÇA disse...

Num concelho que não é muito grande esse número é simplesmente assustador. Significa qualquer coisa como a abertura de 6 processos diários incluindo sábados e domingos.

martelo disse...

quem é que ainda pensa que é proprietário de alguem? seja quem for?

Ni disse...

...

Aqui seria eu a contribuir para um silêncio culpado... se não dissesse que... fazer queixa de uma agressão a um menor... grave... feita pelo progenitor... na via pública... a ponto de ter que ser assistido hospitalarmente... e depois de todos os trâmites legais... a mãe (sim... mãe, e não apenas progenitora!) foi enxovalhada pelo despacho que arquivou a queixa... (enquanto mãe, enquanto mulher, enquanto profissional) e onde se elogiava o progenitor ... porque 'bater é de homem' e educa! Aconteceu em 2007.
Em Portugal.
Enão vou esquecer nunca...