.



A CONSCIÊNCIA E OS LIMITES

Este blogue foi criado com duas finalidades que se cruzam. A primeira consiste em servir, através da solidariedade, as causas em que, directa ou indirectamente, é chamado a intervir. A segunda procura evidenciar acontecimentos que considera relevantes e, como tal, merecedores de serem questionados. O princípio orientador é sempre o de relevar a notícia sem orientar, segundo esta ou aquela tendência, por entender que a interpretação cabe a cada um de acordo com os seus princípios.
Recentemente, Silêncio Culpado foi voz de duas causas: uma tem a ver com a criança brasileira que ficou em coma irreversível, depois de um acidente numa piscina de um condomínio privado, e a segunda com um núcleo de profissionais do ensino que se viram privados do seu vencimento provavelmente por incúria da autarquia. A projecção destas situações pretende ir mais além que os casos relatados. Pretende, também, despertar consciências para situações análogas que afectam muitas pessoas e acarretam um enorme e, por vezes, incompreendido sofrimento. E pretende, sobretudo, instituir na blogosfera laços, de solidariedade e de partilha, fundamentais à nossa construção como pessoas.

Ambos os casos tiveram uma expressiva resposta demonstrando, para quem não acredita no ser humano, que há muita generosidade para ser partilhada.

Não pretendo fazer política, nem tirar dividendos políticos, até porque recuso a formatação partidária e tenho, da política actual, uma visão desencantada. Todos os casos valem, pois, como casos e não como mobilização a favor, ou contra, esta ou aquela tendência. A minha visão é sempre contra a injustiça, contra o egoísmo e contra a falta de solidariedade.

A todos os que têm participado e que, de forma cívica, madura e altamente responsável, têm contribuído para consolidação deste espaço, o meu muito obrigado. E a certeza de que podem dispor de Silêncio Culpado como vosso espaço, não só para visitas e comentários, como também para situações que queiram ver relevadas dentro dos princípios atrás enunciados.

Um abraço a todos
Silêncio Culpado

30 comentários:

7 Pecados Mortais disse...

Percebo-a e estou inteiramente de acordo. Poderá contar comigo nessa onda de solidariedade e participação de injustiças. Sendo um espaço livre, cada um terá a sua opinião e como tem sido regra todos os pontos de vista são respeitados. A sua intenção é que conta e sempre a favor da consciência e valores que tem, daí eu dizer que este espaço é um lugar de referência, ame-se ou odeie-se. Bem Haja. Um forte abraço.

NuNo_R disse...

OlÁ SILÊNCIO...

Gosto de visitar o teu espaço por isso mesmo...
A cidadania e a liberdade de expressão que aqui existem, a amizade que omentas e constrois, e sobretudo pela qualidade das tuas postagens.
Continua porque pessoas como TÚ é que são precisas para remar contra a maré...

bjs

Cati disse...

OBRIGADA...

...principalmente na parte que me toca!!!
Um beijinho, não desista, alguém precisa de chamar a atenção para estas coisas... politiquices à parte!!!

António de Almeida disse...

-Umas vezes de acordo, outras nem tanto, mas a isenção, e a independência dos nossos pontos de vista, contribuem para uma maior consciêncialização dos problemas, sem ficarmos limitados aos caminhos que nos querem impôr! Por isso, sou visitante assíduo neste espaço!

Marreta disse...

Nobres intentos, justas causas. Para continuar e aprofundar.
Saudações do Marreta.

contradicoes disse...

O silêncio não é culpado
por muitas causas lutar
importante é o resultado
de conseguir então ajudar

Na resolução das injustiças
de que o Mundo está cheio
das constantes premissas
de quem está no poleiro

Com um abraço do Raul

avelaneiraflorida disse...

Silêncio Culpado,

Só com a multiplicidade de pontos de vista, com a liberdade da palavra, o respeito pelo outro, se pode construir algo de íntegro, transparente e útil...
"BRigados" por teres aberto este site...
Aqui nos encontraremos TODOS!!!!
Bjks

Peter disse...

Ao tomar conhecimento no blog de um dos afectados pela situação, de que "um núcleo de profissionais do ensino se viram privados do seu vencimento provavelmente por incúria da autarquia", resolvi de imediato, aliás como é meu timbre, actuar em sua defesa.
Muito possivelmente, talvez porque há muito pouco tempo estou linkado a este blog, já antes tinhas tomado essa iniciativa, o que desconhecia, mas todos não somos demais na defesa destas situações injustas.

P.S. - Obrigado pela referência ao artigo sobre o nascimento das estrelas. Sou um apaixonado por estes assuntos e o meu/nosso blog procura a diversidade de assuntos. Será essa uma das n/diferenças.

C Valente disse...

Estou de acordo ,e então quando refer desencantado com a politica,
eu tento através da poesia, mas de maneira generalizada, independentemente da minha posição,, se bem que a mesma sempre se vai reflectir
Saudações amigas

aminhapele disse...

Aparece sempre!
Deixo-te os meus endreços:
http://pesporra.blogspot.com
http://tiromante.blogspot.com
http://poesia-aminhapele.blogspot.com
Um abraço solidário

ANTONIO DELGADO disse...

Viva Silencio Culpado
Estou também de acordo e o desencanto politico também me afecta. Não me fio nos partidos, nesse magma de fés desconsoladas mas transformadas em odios e maldades deliberadas para não dizer sustentadas. Onde dizer o que se pensa é um crime e é entendido como ofensa pessoal. Esta forma de conspiração para isntituir o silencio e fazer de todos nós doceis cordeirinhos é um estratagema que urge acabar e denunciar. Solidariedade e coragem devem de nos unir.

Um abraço
António

Um abraço
António

amigona avó e a neta princesa disse...

E eu sinto-me culpada porque não respondi ao teu apelo, porque ando noutras denúncias...mas não estou esquecida e lá irei!
Não esqueceste o SOS miséria? Tens lá um belíssimo texto...beijo...

Metamorfose disse...

De acordo com as palavras aqui deixadas neste excelente texto. Apesar de ser uma visitante recente, este é um espaço com o qual me identifico, pela intenção do mesmo, chamar a atenção para situações e casos que nos passam despercebidos, despertar a consciência de todos é necessário. Aliás este é um espaço público, que só vem quem quer, só lê quem deseja e eu gosto muito de cá vir.

Beijinhos.

martelo disse...

enquanto houver quem se importe de forma desinteressada pelo bem dos outros a dureza das coisas más tornar-se-ão menos pesadas.

quintarantino disse...

Eu sei que a amiga não é pessoa para se ficar pelas intenções ou pelas meias palavras. Faz bem. E persista que tem rectaguarda para tanto. Um abraço solidário aqui do "sócio" da outra banca.

O Profeta disse...

Vou ter isso em conta querida amiga...

Um coração que segue em silêncio
Colinas, cumeeiras, doce aroma de pão
Descanso na paixão, caminho nela
Quantas estações, tem o coração?

Boa semana


Mágico beijo

JOY disse...

Olá Silêncio,

Todos nós nos habituámos no teu espaço a artigos de qualidade, defesa de causa justas , solidariadade,e de alguma forma este espaço tem sido um exemplo de cidadania por isso o minimo que podes fazer é continuar .

Cumprimentos
JOY

Tiago R Cardoso disse...

Muito bem, todos os dias passo aqui para te ler, tens feito um excelente trabalho, admiro a tua força na divulgação do que está errado.

Sniqper ® disse...

Todos os casos valem, pois, como casos e não como mobilização a favor, ou contra, esta ou aquela tendência. A minha visão é sempre contra a injustiça, contra o egoísmo e contra a falta de solidariedade.

Continua, estás no bom caminho. Nunca te deixes tentar por disciplinas ou obrigações, mesmo que essas te sejam oferecidas como promessa de resolução por aquilo em que acreditas ou defendes.

Pascoalita disse...

Objectivos e intentos louváveis e meritosos!

Talvez se tivesse mais tempo disponível me pudesse envolver mais nessas causas. Por enqto o meu espaço vai servindo apenas para desopilar ... a minha actividade profissional abosorve toda a energia e desgasta-me tanto que tento recuperar aqui alguma serenidade.
Continuação de sucesso no empenho

São disse...

Viva!
Posso assinar por baixo?...
Uma feliz semana!

SILÊNCIO CULPADO disse...

SÃO
Podes. Mas não consigo entrar no teu blogue.

herético disse...

são nobres os teus propósitos.

gosto de vir aqui. e partilhar das tuas ideias e iniciativas.

amigona avó e a neta princesa disse...

Claro que podes ainda ajudar MAIS amiga! Aqui ou aí - onde for mais fácil para ti- podes dirigir-te a uma das MUITAS Instituições que precisam do teu tempo, do teu carinho, do teu trabalho, de TI!Seja de idosos, crianças, jovens, mulheres, animais, há tantos que nós podemos ajudar!
Deixa-me dar-te um beijo de amizade...porque gosto muito de ti...

João Rato disse...

Terá de continuar, teremos de continuar, terão de nos ouvir!
É para isso que aqui estamos!

Zé Povinho disse...

Todos nós expressamos os nossos pontos de vista, diversos como é evidente, mas fica sempre algo de nós espelhado nisso. É isso que me agrada na blogosfera. A solidariedade também tem o seu espaço, como a denúncia ou os alertas.
É preciso que as nossas vozes não se calem, a bem da Democracia e dos direitos.
Abraço do Zé

Rafeiro Perfumado disse...

E espaços assim nunca são demais. A minha vénia...

Sei que existes disse...

Eu agradeço-te por existires e tentares mostrar ao mundo essa tua existência!
Beijocas grandes

SILÊNCIO CULPADO disse...

ccccccccnvv mnbbhh

Joshua disse...

Será que te poderemos exprimir suficiente gratidão pelo que de tão bom e crucial tens feito no passado, no tempo presente e, com certeza, farás garantidamente nos dias futuros?

Atrevo-me!