.



EM BUSCA DE JUSTIÇA




Todos nós temos os nossos limites e as nossas incapacitações por mais dotados que sejamos.

Porém, um dia, poderemos ser confrontados com uma situação mais dramática: um acidente imprevisto, ou uma doença nunca calculada, atira-nos, ou a alguém próximo, para outra dimensão de vivência em que são mais as portas que se fecham que as oportunidades que se nos abrem.

Uma justiça injusta, ou indiferente, acaba por cansar os menos audazes e persistentes. Não é o caso de Odele Souza, uma mãe coragem e uma mulher inteira, cuja saga em prol da filha nunca conheceu desfalecimento.

Durante os próximos posts vamos conhecer a história de Odele que é a história de todos nós quando quebramos aquele elo, extremamente frágil, que torna vulnerável qualquer ser humano.

Há 10 anos em como vigil, Flávia vive, respira e sente a dor e o aconchego duma mãe que não desiste de lutar por ela.

Unamo-nos em torno desta causa.

CLIQUE AQUI
Noticias da Manhã

91 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Nunca é demais falar de Flávia.
Muito se tem falado, e muitos blogs se têm solidarizado, mas a situação de Flávia continua a requerer cuidados especiais e a justiça continua a não ser feita.
É pois preciso que o nosso grito seja cada vez mais forte ao invés de esmorecer.
O caso de Flávia é o caso de cada um de nós em qualquer parte do mundo.
Sejamos solidários com esta causa.

Teresa Durães disse...

não querendo ser a descrédita, dizem que passadas 48horas de coma (penso que é isto) a possibilidade de regressar normal são ínfimas. Os danos causados são elevadíssimas e fico sempre a pensar qual maior dior para o que está em coma: se delsigar a máquina se acordar 10 anos mais tarde

Dalaila disse...

é arrepiante a sua história

SILÊNCIO CULPADO disse...

Teresa Durães
A Flávia não está ligada à máquina.
Vive, respira, sente, dor, conforme expliquei no post.
O que está em causa é que o dano sofrido, e que dura há dez anos, requer cuidados e apoios redobrados.
Os responsáveis, ainda que por negligência, têm que pagar por isso. Essa reparação é fundamental no futuro de Flávia e no seu dia a dia e de sua mãe.
bjs

SILÊNCIO CULPADO disse...

Dalaila
As histórias arripiantes acontecem a qualquer um. Por isso devemos apoiar aqueles a quem elas acontecem e não pensarmos que é só aos outros que estas coisas sucedem.
Bjs

Mary disse...

Já tinha tomado um ligeiro contacto com este caso. Muitos blogs têm o selo de Flávia.
Porém só agora me apercebo da dimensão real do que está em causa.
Imagino as dificuldades de manutenção duma pessoa nestas circunstâncias e aplaudo todos os que contribuem para a correcção dos valores atribuídos como indemnização.
Há o futuro e os tratamentos e há um presente recheado de preocupações.
Vou colocar o selo de Flávia no meu blog.

Mocho-Real disse...

Infelizmente, casos como oda Flávia não são isolados. No Brasil ou em outro lugar.

A lentidão das apreciações dos processos em tribunal é fomentada pela própria burocracia dos sistemas judiciais, e quando estão em jogo os interesses dos Estados ou das grandes companhias de seguros, ou de outro ramo, é ainda bem pior!

A luta da mãe Odele tem sido, porém, persistente e aguerrida. Com tem mesmo de ser!

Um abraço.
Jorge G.

JOY disse...

Este caso da Flávia é uma triste exemplo do quanto o ser humano pode demonstrar despreso pelo seu semelhante.A mãe da Flávia tem tido uma batalha inglória contra uma justiça hipócrita que teima em não apurar os culpados.

JOY

Odele Souza disse...

Querida Lídia,
o meu MUITO OBRIGADA, por este post, assim como pelo artigo mencionando a história de Flavia, no jornal NOTÍCIAS DA MANHÃ, aqui de Portugal.

É verdade que o blog de Flavia já é bem conhecido na blogosfera, mas também é verdade que a justiça ainda não foi feita, portanto é importante que continuemos a divulgar e a escrever sobre Flavia, até porque como bem sabemos, Flavia é apenas um exemplo de negligência e impunidade que existem não só no Brasil, mas em Portugal e tantos outros países. Quem sabe vendo nossa atitude,outras pessoas se animem a denunciar as injustiças que sofrem.

Há quem pense que não adianta reclamar, que nada será feito para mudar situações de desrespeito às pessoas e aos seus direitos, mas sou de opinião que ficar de braços cruzados adianta menos ainda, e é por isto que quando vejo o esforço dos blogs em divulgar a história de minha filha, fico muito agradecida. Pode até ser que sejamos pequenos diante de tantas injustiças no mundo, mas se cada um de nós fizer a sua parte, uniremos forças e faremos sim, alguma diferença. É como dizia Madre Tereza de Calcutá: "O meu esforço é uma gota no oceano, mas sem ele, o oceano seria menor".

Obrigada Lídia por sua solidariedade com a causa de Flavia.

Um beijo.

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Olá querida Lidia

Sempre na luta pelas boas causas!
Você é um J altíssimo!
Que bom que vecê gostou de Buenos Aires!
Sua opinião é impotante!

Abraço
Luiz

sofialisboa disse...

Já conheço esta história há uns tempos, tenho filhas desta mesma idade é é mesmo uma dor saber de tudo o que se passou...apenas desejo para esta mãe justiça! sofialisboa

O Profeta disse...

Uma dramática história de vida...estarei atento cara amiga...


Doce beijo

parvinha disse...

Estou cá :)

Beijinhos

M.M.MENDONÇA disse...

Lídia/Silêncio
Tu não desistes, amiga. És de fibra.
Já copiei daqui o que achei conveniente para pôr no meu blog embora não tenha a visibilidade do Silêncio Culpado onde deverão ser concentradas as principais acções.

Muitos beijinhos

NINHO DE CUCO disse...

O blog MOENDO CAFÉ também está solidário com esta causa e já fez o respectivo post.

SIDADANIA disse...

Esperemos,que a justiça Brasileira em breve resolva o problema de Flavia, para que ela e sua mãe possam ter uma vida digna e todos os cuidados de saúde que necessita.
O dinheiro de uma indemnização nunca pagará a dor e o sofrimento sentidos pela familia.Ele apenas ajudará a uma melhor qualidade de vida das vitimas.
Esperemos que pelo menos seja feita justiça e o caso fique resolvido,pois dez anos é um tempo inadmissivel para a resolução de um caso desta natureza.Era bom iniciarmos uma cadeia de e-mails dirigidos ás embaixadas Brasileiras em todo o mundo mostrando o nosso repúdio pela lentidão da justiça brasileira,que parece defender os poderosos e oprimir as vitimas.

Templo do Giraldo disse...

Estou solidario com este caso. É de louvar esta tua entrega a caso destes, sim senhor.

O problema desta jovem precisa de resolução urgente, e tomos somos poucos para ajudar com o nosso contributo seja ele qual for.

Concordo que os responsaveis pelo caso devão ser punidos, é o minimo que se pode ser exigido.

Saudações.

Mário Relvas disse...

Olá silencio, Olá Odele,

o ser humano tem por tendência olhar os seus problemas pessoais em detrimento dos que os rodeiam.

Este é um caso formidável que apoio desde a primeira hora.

Um dia recebi vários e-mails, um deles vinha com proveniência da Odele e respondi "que para mim chega"!

Talvez tenha sido injusto.Talvez... mas na verdade tento responder a tantos apelos que me perco se der resposta a todas as solicitações.Tenho casos reais à minha porta, no meu bairro, na minha cidade e no meu país. Tenho que me virar para eles!

Estou com a Odele, a Flavia e o irmão.

Estou com quem sofre no mundo pela injustiça do próprio homem.Sim, a culpa não é de Deus.É de todos nós que fechamos os olhos e combinando um silêncio culpado com a falta de solidariedade esquecemos a nossa irmandade seja qual a cor, ideal político ou religioso.

Bem haja e força Odele Souza!

saudações e um sorriso

SILÊNCIO CULPADO disse...

Mary
Agradeço-te a solidariedade por esta causa e por todas causas que devemos conhecer e apoiar.
Um beijinho

SILÊNCIO CULPADO disse...

Mocho-real
Estes casos infelizmente não são isolados mas nós lutaremos para que sejam conhecidos, questionados e objecto das reparações que se impõem.
Obrigada pela força que dás à Odele.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Joy
Peço-te que ponhas o selinho lá np ALL NIGHT LONG, como sempre fazes em casos como estes. Juntos seremos uma força. Uma força que há-de ajudar a construir e que será gratificante não só para as causas que defende mas para aquela nossa interioridade cuja individualidade empobrece.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Odele
Força, nós estamos aqui.Por ti e por todos, incluindo nós próprios que não podemos ser pedra e que defendemos ser gente.
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Santilli
Gostei de Buenos Aires e também de o ter por cá a comentar um texto solidário duma cidadã brasileira que luta pela justiça.
Abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

sofialisboa
Obrigada pelo seu apoio e pela visita.
Juntos seremos mais fortes.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Profeta
A tua sensibilidade faz-nos falta.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

PARVINHA
A tua excelente acuidade para os problemas sociais é indispensável para nos batermos por esta situação.

Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

M.M.MENDONÇA
Por aquilo que conheço de ti outra coisa não esperaria.
Obrigada.
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Raul
Tu disseste uma frase maravilhosa que recordo em cada dia:
"A nossa vida só tem sentido quando se formos úteis a alguém", se contribuirmos para que outros possam ser mais felizes.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Templo do Giraldo
Obrigada pelo apoio.
Além da punição há toda uma vida que não voltou a ser a mesma e que precisa ser apoiada.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Mário Relvas
O teu comentário emocionou-me, acredita. E emocionou-me por aquela generosidade que as pessoas partilham em situações especiais.
Eu acredito que uma nova consciência está a tomar forma na blogosfera. Surgem, frequentemente, elos e solidariedades que vão cimentando afectos e que vão transmitindo conhecimentos sobre causas que, a muitos de nós, nos passavam ao lado.
Acredita que, praticamente num mês, aprendi mais sobre autismo e sobre sida que todas as noções que tinha ao longo de toda a minha vida.
E acredito firmemente que esta consciência, que está a tomar forma, dará os seus frutos e que nós aprenderemos a olhar de forma diferente as imensas situações. E ao fazê-lo encurtamos o caminho a percorrer para a sua aceitação.Porque o que importa é prosseguir e não estar sozinho no caminho.
Obrigada pela força à Odele.

Um abraço e um sorriso

G.BRITO disse...

Silêncio, é assim mesmo. Nós estamos cá para nos apoiarmos uns aos outros.

Esta é uma história que arripia só de a imaginarmos.
Quero expressar a minha solidariedade para com a Odele Souza a quem transmito a coragem para prosseguir a sua luta pela justiça que deverá ser feita.
Vou também colocar o selo no meu blog.
Força, Odele, não desista

Nilson Barcelli disse...

É um caso impressionante.

Bom resto de semana, beijinhos.

NÓMADA disse...

VALORES PORTUGUESES está solidário com esta causa e já colocou selo e chamada para este post.

ABEL MARQUES disse...

Silêncio/Lídia
É um caso impressionante e que carece de sintonia na forma como lidarmos com ele. O que queres que faça?
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

G.BRITO
Obrigada pela força e por teres aderido.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

nilson barcelli

Obrigada pela visita.

Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

ABEL MARQUES
Podes ajudar colocando o selo, fazendo um post ou uma chamada de atenção para o Silêncio.

Um abraço

C Valente disse...

Amigas aqui deixo saudações e boa noite

Robin Hood disse...

Força, Silêncio, no nosso Reino a justiça tem que ser feita, as pessoas têm que ser solidárias e nós estamos aqui para seguirmos todas estas causas.

Vou pôr o selo no meu nicho

SILÊNCIO CULPADO disse...

C.VALENTE
Obrigada pela visita.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

robin hood
Obrigada pela tua adesão e pela força da tua mensagem.
Um abraço

C.Coelho disse...

Silêncio
Sabes que podes sempre contar comigo.
Já tinha conhecimento desta saga da Odele Souza. Vou pôr o selo e estarei disponível também para outras acções que vocês achem por bem.
Um beijo

amigona avó e a neta princesa disse...

Lídia,querida amiga, que as nossas vozes nos doam até se conseguir JUSTIÇA para esta família! Sei que, infelizmente, a vida de Flávia não pode voltar, mas sei que a QUALIDADE da sua vida pode ser uma ou outra conforme as responsabilidades se assumam (e é só o que se pode pedir, não?)e pague QUEM tem que pagar! Que a esta jovem e à sua família seja dada a possibilidade de VIVER! Não por esmola, mas sim por DIREITO!
Beijinhos Lídia e bem-hajas por seres quem és...

Louise disse...

Silêncio
A justiça tem que ser feita e (quem sabe?) talvez Flávia acorde um dia destes. Temos que ter esperanças na vida.
E a reparação ajudará a enfrentar um futuro que exige despesas redobradas dada a situação.
Vou colocar o selo no meu cantinho.

fotógrafa disse...

E de repente....aparece uma mensagem de amizade :
Olá...
Foi aqui que encomendaram?

|““““““““““““““““““““““““||_
|...............*AMOR*...........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*CARINHO*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*ALEGRIA*.........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*AMIZADE*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|........*FELICIDADE*.......|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)

Entrega feita!
Participa na campanha FAZ UM AMIGO FELIZ!!!
Manda esta encomenda p/ todos os teus amigos.
Espero estar incluído nessa lista........
Vou fazer outra entrega ...
Bom fds
Abraço

Michael disse...

A solidariedade é esta entrega pelos outros, é este traço de união que faz com que falemos a uma só voz.
Junto a minha voz e acrescento o meu espaço com uma referência a Flávia.
Abraço a todos: Silêncio, Odele e todos os visitantes e comentadores que aqui vão marcando a sua presença.

Joseph disse...

Silêncio
Sabes que podes sempre contar connosco e que casos como este não podem amolecer porque os responsáveis o que querem é cansar para que se desista.
Não se desiste para exemplo doutros casos que possam ocorrer.
Vou assinalar no meu blog.

Kalinka disse...

OLÁ
sabes que este fim de semana vai acontecer a 2ª edição em Lisboa, do FEEL WOMAN, no CCL - Centro de Congressos de Lisboa - 7 a 9 de Março.

DIA DA MULHER - importante!!!

O SAPO Mulher estará representado num stand de aconselhamento personalizado sobre estilo, cabelo e maquilhagem.

Seria giro encontrarmo-nos por lá, que dizes?
Vou lá, amanhã - sábado, de tarde, pelas 15h 30m e fico por lá umas 2 horas.
Beijinhos.

zé lérias disse...

Um abraço minha amiga e que as lutas continuem. Sempre.

zé lérias disse...

Um abraço e que a luta continue. Sempre.

SILÊNCIO CULPADO disse...

C.Coelho
Contava com essa solidariedade. Obrigada.
Bjs

SILÊNCIO CULPADO disse...

AMIGONA
É isso mesmo. Que as nossas vozes nos doam até conseguirmos justiça para esta família e todas aquelas a quem faltam os necessários apoios nas lutas pela diferença.
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Louise
Obrigada, amiga e que bom imaginar que Flávia acordará e retomará a sua vida.
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

FOTÓGRAFA
Nada como as mensagens de amizade e solidariedade para que sintamos que a vida vale a pena.
Obrigada, amiga.
Bjs

SILÊNCIO CULPADO disse...

MICHAEL
Que bom conquistar novos vizinhos e logo assim disponíveis para alinhar nestas causas.
Um abraço bem apertado

SILÊNCIO CULPADO disse...

JOSEPH
Obrigada pela tua solidariedade por esta causa e por muitas outras que se irão seguir. Que a luta nunca esmoreça e que a causa de um seja a de todos nós.
Um abraço
Obrigada

SILÊNCIO CULPADO disse...

KALINKA
Amiga, eu gostaria muito de te encontrar e fico com esse interesse registado para outra ocasião em que tal seja possível.
De momento estou indisponível por razões de saúde de familiares próximos.
Um beijinho

SILÊNCIO CULPADO disse...

ZÉ LÉRIAS
Obrigada pela visita. É sempre um enorme prazer encontrar-te e, espero, que não te afastes de nós. É muito gratificante conviver contigo e ouvir as tuas sábias palavras e sentir o afecto da tua proximidade.
Um abraço apertado

david santos disse...

Olá, Silêncio Culpado!
Vim aqui dar um beijo à minha linda Flavia e desejar-te um bom fim-de-semana a ti.

David Santos

Boris disse...

Este é um caso de amor
por uma filha sofrida
este é um caso de dor
um grande exemplo de vida.

Haja um desfecho reparador
na sentença proferida
Flávia precisa de amor
mas também ser assistida.

E assistir por toda a vida
implica custos pesados.
Que seja Odele ressarcida por grandes danos causados.

Dinheiro não paga mazela
nem sequer dá alegria
mas permite olhar por ela
e castigar quem merecia.

São disse...

Minha querida, és realmente uma pessoa excepcional e muito me honra ter-te por amiga!!
Bem hajas!

E peço a Deus alívio para quem sofre!

Odele Souza disse...

Estou aqui para agradecer a todos que estão comentando este post da Lídia a quem também fico muito agradecida.

Na medida do possível, estou clicando no link de cada pessoa que está comentando aqui. Além de agradecer é uma forma de conhecer seus blogs.

A união de pessoas em torno de um tema, nos fortalece, e nos dá cada vez mais a certeza de que SOZINHOS FICA DIFÍCIL, MAS JUNTOS, SOMOS PODEROSOS.

Muito obrigada.

Templo do Giraldo disse...

Esta sencibilização tem arrastado montes de bloguistas, e é esse o objectivo pretendido. Da minha parte estou censibilizado por tal facto estra a acontecer nos dias de hoje.

saudações e um abraço do templo.

ContorNUS disse...

inquietante...

Sophiamar disse...

Dizes bem, minha querida Lídia. Nunca é demais falar do caso da Flávia nem daqueles casos em que a justiça tarda em chegar. Lamentável, revoltante, doloroso.

Beijinhossss

A Lei da Rolha disse...

Estou com essa criança até ao fim!
FORÇA !
bfs

Sheila disse...

Lídia/Silêncio
Sempre entregue a causas humanitárias. Realmente há que fazer toda a força possível para que a justiça não seja um deixa andar e seja actuante.
O acidente de Flávia deveu-se ao desrespeito pelas normas de segurança nos equipamentos da piscina. Isso deve ter consequências bem mais gravosas que pagar um valor exíguo e descartar as responsabilidades duma situação que dura há dez anos e sabe-se lá quanto tempo mais.
Vou também mencionar no meu blog.

Zé Povinho disse...

Um assunto que tenho seguido de algum tempo a esta parte, e que demonstra por um lado a insensibilidade da Justiça, e dos responsáveis e por outro a coragem da Odele, e a sua persistência.
Abraço do Zé

René disse...

Silêncio
Admiro a coragem desta mãe que, persistentemente, tem vindo a ganhar visibilidade.
Também adiro a colocar o link e exorto todos os amigos a colaborarem para que se consiga dar realce a esta luta.
Um abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Lídia, dramática a vida da Flávia... Continuar a escrever, falar é fundamental, para nãp cair no esquecimento.
Eu continuo solidária com esta causa.
Amiga, beijinhos de carinho e muita amizade.
Fernandinha

SILÊNCIO CULPADO disse...

DAVID SANTOS
Meu grande combatente, como eu gostei de te ver aqui.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

BORIS
Tens sempre versos para todas as situações.
Obrigada amigo.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

SÃO
Tu és uma mulher cheia de generosidade com quem sempre se pode contar.
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

TEMPLO DE GIRALDO
Este é um exemplo de que sempre se pode fazer alguma coisa e de que o mundo virtual é uma força.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

CONTORNUN
Muito inquietante mesmo.
Bjs

SILÊNCIO CULPADO disse...

SOPHIAMAR
Não, não nos calaremos e a nossa voz há-de ser ouvida.
Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

A LEI DA ROLHA

É assim mesmo. Estaremos sempre com Flávia.

Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

SHEILA
Minha querida obrigada pela tua solidariedade. Hoje falamos de Flávia, amanhã falaremos doutros, mas nunca pactuaremos com o silêncio culpado, inimigo da justiça.

Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

ZÉ POVINHO
É aflitivo ver o que se passa com Flávia mas ainda é mais aflitivo percebermos que este não é um caso isolado e que não é só no Brasil que estas coisas acontecem.
É preciso responsabilizar, de forma exemplar, os causadores destes males.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

René
Obrigada amigo pela tua solidariedade e pelas tuas palavras.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

FERNANDA, minha amiga
Nós não deixaremos de apoiar todas as causas que necessitam do nosso apoio. A causa de Flávia é causa de todos nós.
Beijinhos

Menina do Rio disse...

Olá Lidia, conheço a história de Odele e o caso de Flávia já algum tempo. Sabemos que a justiça é lenta e cega, mas essa cegueira é conveniente. O que mais trava as leis no Brasil é que o Sistema é deficitário e há um sem números de emendas constitucionais de forma que uma anula a outra, conforme parecer de cada juiz. Ou seja; depende de interpretações e $$$$$$$... São milhões de processos acumulados sendo protelados num jogo de empurra sem fim.

Quanto a tormarmos um chocolate descontraídas, quem sabe... Vai ser uma ocasião e tanto!

Um beijinho pra ti e um Feliz dia da Mulher!

lua prateada disse...

É verdade amiga muito se falado da Flávia e ,como sempre ou quase infelizmente poucos resultados se ve é triste mas que se pode fazer me sinto impotente perante estas situações...
Passei para te deixar um raio do meu luar...Estou partindo para minha lua e te deixo com saudade...
Bom fim de semana.
Beijinho prateado com carinho
SOL

Peter disse...

Já tinha conhecimento, mas que podemos nós fazer?
Colocar o selo, pouco ou nada adianta.
Sou um bocado "derrotista", eu sei.
Talvez eu tenha deixado de acreditar nos seres humanos, que de "humanos" não têm nada...

SILÊNCIO CULPADO disse...

MENINA DO RIO
Um dia tomaremos o nosso chocolate aí em S.Paulo.

Relativamente à Odele a verdade é que cada vez mais é conhecida a sua história. E quanto mais é conhecida mais força tem a Odele.

Eu acredito que a justiça irá ser feita. Mais tarde do que devia mas, mesmo sim, acabará por acontecer.

Beijinhos

fotógrafa disse...

Obrigada pela passagem pelo meu lugarejo...
abraço e bom fds

SILÊNCIO CULPADO disse...

LUA PRATEADA
Os passos que se vão dando são milimétricos mas não deixam de ser passos.
Muitos milhares de pessoas, tanto no Brasil como em Portugal, já têm conhecimento desta situação.
Um julgamento resultante dum recurso já não poderá ser feito no anonimato. E isso fará toda a diferença.
Estou convicta que a justiça acontecerá. Tarde mas acontecerá.
Bjs

SILÊNCIO CULPADO disse...

PETER

Então que é isso, amigo? Vencido pelo desânimo? Nunca!

O caso da Odele e da Flávia está a tornar-se um fenómeno no mundo virtual pela onda de solidariedade que tem gerado. Já são muitos milhares de pessoas e isso já contribuiu para que a comunicação social brasileira se tenha interessado pelo caso. Quanto mais blogs aderirem ao selo menos probabilidade há de que o caso fique abafado.
Todos podemos fazer algo e a soma de tudo o que cada um faz tem peso, Peter.

Abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

FOTÓGRAFA
Olá, amiga.

Beijinhos

zé lérias disse...

Que passes um bom fim-de-semana.
Estou de "férias" forçadas a conselho de oftalmologista.
Por isso estarei ausente, pelo menos de forma regular, durante algum tempo. Obrigado pelo teu carinho.

Abraços e que a grande maioria das coisas que desejas se concretizem.
Cumprimentos extensivos a todo o pessoal que te visita.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé Lérias
Que te cures depressa amigo.
E tudo bom para ti.
Um abraço muito apertado.