.



FUJAM DESTE PAÍS...


Afinal, porque é que Portugal é, cada vez mais um País desagradável onde, segundo um estudo, até as pessoas têm vindo a sorrir cada vez menos desde 2003?

Será por causa da crise? Da recessão anunciada? Do desemprego? Do frio? Da gripe?Não. Talvez todos estes factores tenham algo a dizer, mas o que é verdade é que o maior problema está no facto de, diariamente, sermos confrontados com notícias ao estilo «isto-não-pode-estar-a-acontecer».

Exemplos? Pode ser mesmo este: em Alcobaça, havia uma fábrica de faianças chamada Aljubal, que, em 2000, fechou as portas, deixando 21 pessoas sem emprego.

Como manda a lei, estes trabalhadores (maioritariamente mulheres, muitas com mais de 60 anos), para além da carta para receberem o subsídio de desemprego, tiveram também direito à devida indemnização. E estamos a falar de indemnizações entre os 10 e os 20 mil euros - ou seja, nada de valores milionários, mas sim apenas compensações devidas a pessoas que trabalharam uma vida inteira para se verem sem trabalho a dada altura.

Sucede que, no final de 2008, estes ex-trabalhadores foram notificados pelo Tribunal Judicial de Alcobaça para, no prazo de dez dias, depositarem nos autos, a favor da massa falida da empresa, a importância que receberam. Isto porque a Aljubal devia mais de 700 mil euros à Segurança Social e esta última entidade achou por bem «espoliar» os ex-empregados de uma indemnização que estes receberam há oito anos.

Se alguém perder o emprego, a Segurança Social é a primeira entidade a criar todas as dificuldades ao desempregado para que este possa receber o subsídio que lhe é devido. Faz-se de má pagadora, mas não admite que alguém lhe fique a dever um cêntimo que seja. Ou seja, a Segurança Social protege-nos, mas quem nos protege da Segurança Social?



Vasco Lopes - Jornalista(vascolopes.nm@gmail.com)




Nota: Apesar de não ser a autora do texto subscrevo-o na íntegra. O forte impacto que me produziu justifica a selecção e a divulgação.


26 comentários:

O Profeta disse...

Já fugi...vivo numa ilha...


Um tecto feito de estrelas
A Lua brinca com fios de luz
Um cometa passou rasante
Um coração o outro seduz


Bom fim de semana


Mágico beijo

Mar Arável disse...

Tudo se decide nas urnas

eleitorais

Compadre Alentejano disse...

Este caso é um dos mais estúpidos a que temos assistido, neste consulado do engenheiro que não é engenheiro...
Ainda os ex-trabalhadores vão ser condenados por não entregarem o dinheiro todo!
Estes gajos são uns BANDIDOS!!!
Compadre Alentejano

Pata Negra disse...

Seguindo os ocmentários: não fugirei para uma ilha, quem vota neles não sabe disto, estes gajos não são uns bandidos: são o demónio!
Como não acredito no demónio, não acredito que isto possa ter acontecido! A ser verdade, não acredito que ninguém os confronte com este facto! E se é verdade, renuncio à democracia, vou combater na luta armada!
Um abraço pró Alcoa

Fatyly disse...

Também fiquei completamente estupefacta quandi li a notícia. Hoje já não sei a açorda em que se transformou as alterações constantes das leis laborais, mas não acredito que devolvam, aliás eu jamais devolveria e o sindicato deveria ser mais activo e menos passivo nem que apresentassem o assunto ao Parlamento Europeu.

Falando com alguém entido na matéria diz, embora não conheça o processo...deve ter havido lapso grosseiro...a ver vamos.

Não fujo desta país, não deixo de sorrir e acreditar no povo português.

Uma beijoca

M. disse...

está assustador este país. terrivelmente assustador. quem consegue ver ao longe, fazer planos futuros sabendo que a qualquer momento tudo se pode abater sobre ele e sem poder contar com a protecção pela qual pagou quase uma vida inteira??

Valha-nos Lídia..

Abraço

Cata-Vento disse...

" Isto não pode estar a acontecer!" mas a verdade é que acontece nas nossas barbas, todos os dias. Apetece-me mesmo fugir. Do país ou desta vida de ...

Beijinhos desta amiga que tão pouco visita quem tanto o merece.
Desculpa-me!

Bem-hajas!

Beijinhos

O Guardião disse...

Conheci o ministro responsável actual pela pasta, e garanto-vos que se dizia de esquerda e defensor dos mais desfavorecidos. Hoje no poder, o discurso tem nuances e ainda recentemente virou a cara a diversas pessoas que ele bem conhece, fugindo a um simples e educado cumprimento. Acho que fez bem, actualmente não merece sequer o meu cumprimento.
Cumps

António de Almeida disse...

A segurança social faz Madoff parecer um principiante, na realidade a SS é um gigantesco esquema de "Ponzi", mas autorizado. Em Portugal ainda é pior...

martelo disse...

começo a habituar-me a estes miseráveis acontecimentos que afastam o cidadão de tudo quanto é honesto...

abraço

Odele Souza disse...

Que situação mais absurda.
É mesmo de causar indignação.Um órgão que deveria proteger os desempregados, deixa-os sem proteção.Mas não se descuida de si proprio. Espertos.

São disse...

Fizeste bem em divulgar!
Só não concordo com a critica , pois a Segurança Social necessita de dinheiro para acção especulativa.Já perderam , salvo erro, trezentos milhões...
Feliz semana, Amiga.

Vieira Calado disse...

Olá, caríssima!

Tudo, ou quase tudo está mal,
neste país.

É caso, de facto, para fugir daqui.

Poderíamos aterrar num país ainda pior.

Mas... este é o nosso!

E é isso que dói.


Beijoca

C Valente disse...

Não não fujo, este é o meu país que amo, uma terra bonita. Mas infelizmente com maus políticos, com maus governantes
Sejamos todos um povo que ame e lute
Saudações amigas

heretico disse...

fugir não adianta. mas por vezes apetece...

também subscrevo

abraço

Mário Relvas disse...

Acho que este texto é muito suave... A realidade é mais dura!Talvez desenvolva o que digo, se estiver para aí virado...

Saudações e um sorriso

Marreta disse...

Quando situações destas acontecem criadas por entidades que deviam ser exemplares, como é que o cidadão se pode sentir? Que confiança e optimismo se pode ter ao viver num país em que o Estado trata tão mal o seu mais preciso bem: o povo?

Saudações do Marreta.

O Árabe disse...

Concordo... absurdo é a melhor palavra! :) Boa semana, amiga.

ManDrag disse...

Salve! Lídia

Fizeste muito bem em divulgar o texto, pois muitos não ficaríamos a saber.
A Segurança Social deste país é uma farsa imensa. Mais digna de se intitular Insegurança Social, pois põe os interesses da instituição acima dos do indivíduo.
E o caso aqui apresentado por certo não é único, infelizmente.

Abraço.

Salutas!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA AMIGA, CONCORDO PLENAMENTE COM ESTE TEXTO... EM MATÉRIA DOS MINIMOS VALORES PELO SER HUMANO, ESTAMOS CADA VEZ PIORES...UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

cmdlince disse...

Ninguém deve fugir deste país. Devemos dar as mãos e tentar melhorá-lo. Não é tarde, mas é preciso que sejamos rápidos e capazes.

cumpts

Os meus registos.... disse...

É o País que temos, por vezes julgo que não vivemos numa democracia,ou apenas esta é apenas para alguns cidadãos,onde o poder e o dinheiro andam de mãos dadas.
Bjs Zita

C Valente disse...

E onde podemos estar bem, hoje em dia?
Saudações amigas

Evelyn disse...

Realmente o que retratou, foi uma partícula entre muitas, é a pura verdade. O sistema português encontra-se nas mãos de doentes patológicos, que fazem transpor os seus traumas de seus vividos mal resolvidos, ao contribuinte que assume o seu dever perante o Estado. O mais grave é que o contribuinte não reaje perante os inúmeros atestados de estupidez que o Estado passa. Jamais vivi num Estado em que predominasse a incompetência e que elimina a competência o que prova uma plena imaturidade de conhecimento político, económico e social. A dita consciencialização para a formação de Ética de estar no seu Ser e na sociedade é imprescindível que seja acordada neste povo que tanto valor têm. Reconquistem o vosso valioso valor de Identidade Cidadania.

Paula Raposo disse...

Sem palavras...beijos.

gaohui disse...

If ordering from an online ed hardy Clothing store, she should either have tried ed hardy sale the garment on in a store somewhere ed hardy or she had better be buying ed hardy UK from a vendor with a great return ed hardy cheap policy. Buying from an ed hardy Clothes online vendor has its risks and ed hardy store they should be understood. The edhardy.com upside is that online stores christian audigier sale tend to have a large selection ed hardy dresses of clothing to choose from. The ed hardy Polos bad news is they can be more ed hardy sandals expensive, or the cost of shipping and handling ed hardy Jackets can offset any cost savings she might have enjoyed